Feeds:
Posts
Comentários

Não se acomode

Já reparou que muitos de nós somos muito resistentes a mudanças? É absolutamente normal não querer mudar algo quando tudo está bem. A questão é que nenhum de nós tem uma vida sem problemas, sem fases ruins. Algumas dessas fases só passam após tomarmos alguma atitude. Você é uma pessoa de atitudes? Quando você percebe que algo não está bem, você tenta mudar? É claro que não estou falando de mudar um móvel de lugar ou de mudar o penteado. Estou falando daquelas mudanças que dão um novo rumo às nossas vidas. Continuar Lendo »

Em busca de maturidade

Algumas vezes, quando reprovamos a atitude de alguém, nos vem à cabeça que a pessoa precisa amadurecer para tomar atitudes melhores e mais pensadas. E falamos mesmo sem sermos um exemplo de maturidade. Mas, afinal, como medir a maturidade de alguém? Quem é mais maduro, uma pessoa de 20 anos ou uma pessoa de 30? Acreditamos que uma pessoa mais velha naturalmente seja mais madura, pois a idade dela nos faz acreditar que ela já viveu situações que uma pessoa mais jovem ainda não viveu. Mas isso nem sempre é verdade. Continuar Lendo »

Você sente inveja?

Você sente ou já sentiu inveja de alguém? Infelizmente, sempre temos pessoas ao nosso redor com inveja da gente. Não falo necessariamente de pessoas muito próximas, mas principalmente de apenas conhecidos, pessoas que não sabem como realmente somos e com quem não temos muita afinidade. É claro que as pessoas não tem inveja de absolutamente tudo que somos, temos ou fazemos, afinal, elas não nos conhecem completamente. Mas sempre tem algo em cada um de nós que causa inveja nos outros. Não adianta tentar escapar, todas as pessoas são invejadas, seja de uma forma ou de outra. Algumas vezes, em detalhes insignificantes, em outras, em algo maior que para elas é inalcançável. Continuar Lendo »

Há algum tempo, ouvi o título deste texto e nunca mais o esqueci. Foi uma frase marcante para mim. Uma frase extremamente verdadeira e que faz todo o sentido. Este texto foi criado com base nela.

De que adianta ter todo o dinheiro do mundo, se você não tem amor em sua vida? De que adianta ter o melhor emprego do mundo, se você não tem alguém que te ama para compartilhar as alegrias das vitórias e as tristezas das derrotas da sua profissão? De que adianta ter a pessoa mais linda do mundo ao seu lado, se não existe amor na relação? Pense comigo no caso extremo: todas as pessoas do mundo te odeiam… Faria algum sentido viver assim? É claro que isso não acontece com absolutamente ninguém. Por mais que em certas ocasiões nos sintamos sozinhos, basta olhar com calma, com serenidade, que sempre perceberemos que não estamos sozinhos de verdade. Absolutamente ninguém está sozinho. Continuar Lendo »

Tomando uma decisão

Em determinados momentos de nossas vidas, precisamos tomar decisões importantes. Algumas delas são tão importantes, que a partir delas mudaremos completamente nossas vidas. É bom passar por isso, afinal estamos decidindo o nosso futuro e isso nos traz maturidade. É fundamental ganharmos segurança para tomar nossas próprias decisões, independentemente do mundo que está a nossa volta. O problema é que algumas decisões são muito difíceis de serem tomadas. Isso vale para todo mundo. Ninguém vive sem ter que escolher ou recusar uma situação. As decisões que tomamos nos conduzem durante todo o tempo em que estamos vivos. Continuar Lendo »

Não foi tempo perdido

Todos nós passamos por fases difíceis durante nossas vidas e algumas delas fomos nós mesmos que optamos por iniciá-las, já que em certos momentos, achamos que precisamos mudar, que é hora de enfrentar uma nova vida, que aquilo que buscamos vai nos fazer bem, ou seja, apostamos em algo diferente. Infelizmente, nem sempre o que planejamos e o que pretendemos dá certo. Com o tempo, não há outra decisão se não a de voltar para uma vida mais confortável, reencontrar a paz. Estas fases as quais me refiro estão ligadas a situações de qualquer tipo: um relacionamento afetivo, um emprego, uma mudança de cidade, um investimento, etc. Continuar Lendo »

O título deste texto é bem conhecido de todos, mas normalmente as pessoas não dão para ele a devida importância. Talvez pensem mais no “amar ao próximo” do que no “amar a si mesmo”. Será possível amar alguém sem sequer se amar? Muitos relacionamentos não dão certo porque não existe amor próprio em uma das partes ou até nas duas. Não devemos amar mais ao outro do que a nós mesmos. Continuar Lendo »